Equidade nas indústrias extrativas: Administrar os recursos naturais de África para todos

África está no limiar de poder beneficiar de grandes oportunidades, conclui o Relatório do Progresso em África deste ano, e os decisores políticos africanos têm escolhas decisivas a fazer. Podem investir as receitas derivadas dos seus recursos naturais nas pessoas a fim de gerar empregos e oportunidades para milhões de pessoas das gerações presentes e futuras. Ou, então, podem desperdiçar esta oportunidade, permitindo que o crescimento sem emprego e a desigualdade se enraízem.

Em muitos países africanos, as receitas derivadas dos recursos naturais estão a alargar o fosso entre ricos e pobres. Embora se tenham registado grandes progressos, uma década de crescimento altamente impressionante não correspondeu a melhorias comparáveis em termos de saúde, educação e nutrição.

O Africa Progress Panel está convicto de que África pode gerir melhor a sua vasta riqueza em recursos naturais para melhorar o nível de vida do povo da região, estabelecendo programas nacionais corajosos para fortalecer a transparência e a responsabilização.